Gi FABRE : Julho 2018

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Métodos Contraceptivos - Projeto #5on5

Olá, tudo bem?
Hoje iniciamos mais um projeto especial aqui no blog, #5on5:
5 blogueiras;
5 fotos;
Todo dia 5;
Às 17 horas;
Os mais variados posts, práticos, fofos e utilitários. 

Venha conhecer esse time de blogueiras:


💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝

Hoje vou apresentar para você 5 métodos contraceptivos. 
Há vários tipos de métodos contraceptivos disponíveis no mercado, cada um com sua característica própria e com a mesma finalidade, prevenir a gravidez. Entre tantos métodos, torna-se necessário o auxílio de um médico para escolher qual método utilizar. É muito importante ter ciência que o método só funcionará se for utilizado de forma correta. 

MÉTODO 1

A camisinha é um dos métodos mais populares no mundo, além de evitar a gravidez, previne de doenças sexualmente transmissíveis, as DST.
A camisinha é muito eficaz, porém, se não usada adequadamente pode romper-se ou permitir vazamentos. A camisinha deve ser descartada após o fim de cada relação.

Camisinha Feminina

O amor é lindo neh?? Mas o cuidado com a nossa saúde é mais lindo ainda, então mulher tenha seu preservativo na sua bolsa para aquele momento de prazer. Com saúde não se brinca, todo cuidado é pouco. A camisinha feminina além de evitar a gravidez, previne contra  DST.
É feita de borracha nitrílica e cobre toda a mucosa da vagina, impedindo que o pênis e suas secreções tenham contato direto com a mesma. 

MÉTODO 2

Só deve ser retirada após 6 horas da última relação sexual, podendo permanecer na vagina por até 30 horas.

Dispositivo macio, em forma de disco, feito de espuma de poliuretano e com uma alça para facilitar a sua remoção. Não é preciso trocar a esponja se mais de uma relação sexual ocorrer dentro do prazo de 24 horas. A sua eficácia em mulheres que já tiveram pelo menos um parto é mais baixa que nas mulheres que nunca pariram. 

MÉTODO 3

ADESIVO ANTICONCEPCIONAL
É comercializado sob o nome de Evra (norelgestromina + etileno estradiol)

De formato quadrado com cerca de 4,5cm/4,5cm, deve ser aplicado à pele e substituído por um novo a cada 7 dias. Depois de 3 semanas, a mulher deve dar uma pausa de 1 semana para menstruar. O adesivo pode ser aplicado no braço, costas, nádegas ou na barriga. Ele não sai com facilidade e é resistente a água. 


MÉTODO 4

IMPLANTE ANTICONCEPCIONAL
Este método se baseia na implantação subcutânea de um fino bastão de plástico com etonogestrel, o bastão fixa por baixo da pele e libera de forma lenta e contínua o hormônio para a circulação sanguínea. 

Cerca de 99,95% de eficácia. Deve ser implantado por um ginecologista com uso de anestesia local, que pode ser na parte interna do braço e o procedimento dura 2 ou 3 minutos apenas. O efeito tem duração de 3 anos, sendo um método bastante confortável.

MÉTODO 5

ANEL VAGINAL
Fica na vagina por 3 semanas e depois é desprezado.

Transparente, feito de silicone flexível, com diâmetro de 54mm e espessura de 4mm. Libera constantemente baixas doses de estrogênio e progesterona, sendo estes absorvidos pela mucosa vaginal, impedindo a ovulação. Aumentando o muco dessa região, dificultando a passagem dos espermatozoides. Após uma semana de pausa, um novo anel deve ser introduzido. Pode ser inserido pela própria mulher e não causa nenhum desconforto. 

💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝💝

Você já conhecia todos esses métodos?
Já usou algum deles?
Conte para mim a sua experiência?
Qual método você achou mais diferente?

Espero que você tenha gostado e fica ligado no blog para conferir os próximos posts. 

💝 OBRIGADA 💝

INSCREVA-SE !